quinta-feira, 22 de março de 2007

Que bom, são de paz!

O que importa para Deus, o que Ele realmente pensa? Os seus pensamentos não são de paz? Não foi isso que Ele disse através do profeta? E para você o que ele continua pensando? Essa palavra tem sido no verbo presente para você? São pensamento de paz, ou eram pensamentos de paz? São. Nunca deixaram de ser..Porque você não ouve isso Dele hoje e agora? Ele não fala? Sua voz ecoa continuamente sobre a terra. Os seus pensamentos estão estendidos sobre todos os dias da sua vida, os seus pensamentos são de paz, assim como a bondade e misericórdia me seguirão por toda a minha vida, assim estão estendidos os seus pensamentos de paz a meu respeito. Mas porque não ouço todos os dias após o pecado, por acaso o sangue perdeu o seu efeito? As palavras sobre mim, não perdem o efeito por causa do pecado. Na minha e na sua mente a culpa tem sido maior que a justiça, o nosso contínuo sentimento de culpa e cobrança tem tirado a nossa mente e coração da justificação imediata que há no sangue. Cobrança é um sentimento contrário a paz. Deus não é um cobrador e sim um justificador. “Eu não vim para julgar o mundo, mas para salva-lo” Não nos foi dada a graça de conhecer a mente do Senhor (“Quem conheceu a mente do Senhor para que possa instrui-lo?”) mas nos foi dado o poder de ter “ Mas vós tendes a mente de Cristo!”
Na Sua mente há pensamentos de paz e alegria, se não há na nossa, temos a mente de Cristo? Clamamos por remissão Senhor! Remissão dos terrenos tomados pela culpa e cobrança que há no mundo. Não recebemos o espírito desse mundo, mas o Espírito que vem de Deus, para entendermos as coisas concernentes a Deus. O reino onde o Senhor habita é de alegria e paz. A sua ira dura só um momento, já disse o rei quebrantado. E a sua cobrança não te deixa ser convencido pelo Espírito em que voce precisa exceder a sua justiça já te julga e diz a sentença: cadeia! E para lá que nós vamos coma nossa justiça! O Senhor quer estender a paz e a justiça sobre os nossos dias através do perdão. Mas para isso precisamos relaxar e sermos “engraçados”, sendo assim toda ridigez será retirada e seremos mais práticos para Deus!

2 comentários:

Marcus Henrick disse...

Em Meio a toda Tempestade, Guerras, Mortes, Destruição, Òdio, Indiferença...
É possível SENTIR na VIDA
O AMOR DELE que é PAZ..
Independente de nossas Escolhas..
ELE NOS AMA, SEM LIMITES..
=) "que Bom São de PAZ !!"

:Always Forever:

☆ Sandra C. disse...

a paz somos nós quem fazemos...

http://doodleordie.blogspot.com/