quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Afeto

Quem tem afetoVive correndo o risco de ser afetado
Vive correndo o risco de ser ferido
Viver correndo o risco de ser amado
Vive correndo o risco de ser feliz
Quem é afetuosoVive querendo presentear
Vive querendo saber como está
Vive não conseguindo dizer somente "ta"
Vive querendo viver intensamente
Vive correndo risco de cair de um lugar bem alto e se quebrar
Vive com a possibilidade de não receber retorno
Não conhecer resposta, recebendo desapontamento.
Quem sente afeição
Vive sem medo de morrer sozinho
Vive cheio de sementes carinho
Vive tirando os pés do chão
Vive quase chegando ao amor
 É perigoso ser afetuoso, mas pior é viver sem afetos, sempre bem, sempre só.

3 comentários:

Caroline disse...

Friendddd,
E vc é muito afetuosa!

=*

@Jemzelada disse...

Você acabou de me descrever, ainda não sei se isso é bom, estou tentando descobrir. rs
Adorei seu Blog! Bjoca

FELIPPE COSTA disse...

Sinto-me extremamente privilegiado por ter lido este texto antes mesmo de estar disponível aqui. Rosaaaana!!!Estou envergonhado por ter sido tão tardio para trazer meu parecer aqui,embora já o tenha feito por outro caminho.
É bom ter afeto,tanto pra dar quanto pra receber.Mais que isso, bom mesmo é estar em ambiente de afeto,pois tudo funciona sem obrigatoriedade... simplesmente, por afeto.Isso é a essência da minha vida.Bom seria se na relação entre humanos isto sempre fosse entendido.Particularmente,este é meu propósito.
Legal teu texto.Tem muito da minha realidade nele.Bjo gde pra ti, querida.Parabéns pela sensibilidade e percepção da importância deste tema.
FELIPPE COSTA