quarta-feira, 4 de junho de 2008

Desaprender para aprender.


Há um tempinho que tenho contato com a lingua inglesa, ouço musica, leio um pouco e faço curso, mas nunca liguei muito para pronunciar corretamente, sempre falei como achava melhor. Ou seja, errado. Mas agora estudo com um professor que exige bastante a pronuncia correta e tudo correto, e por eu já ter a pronuncia errada na minha cabeça estou tendo grande dificuldade para aprender a forma correta.Um dia aprendi o errado e permaneci nele e hoje dificil é larga-lo.E hoje me pergunto, será melhor eu nunca ter aprendido nada? Porque hoje tenho bloqueios por já ter conceitos do certo, dificil é desaprender...

Mais uma vez me pergunto: O que estamos aprendendo? Que Jesus me apresentaram? Que evangelho estou comendo? O que é a verdade? A pronuncia de que reino tenho falado? Será que aquilo que aprendemos em nossas igrejas tem nos impedido de entender a bíblia? De entender as palavras de Jesus...
Lembro-me de umas palavras de Jesus: " Voces querem me matar porque as minhas palavras não entram em vós"
Sei que está vindo uma restauração, conceitos estão sendo abalados, aquilo que é vinho velho esta sendo rejeitado. E eu? Não posso por medo de não conseguir aprender o novo insistir que a pronuncia errada é a certa. Desaprendo então... me arrependo,para quem sabe aprender para viver!

Urgente!

9 comentários:

Por Ele. disse...

Aaah, Rosana... É você!!!!

Bom...
É terrível a constatação pelas respostas...
Respondeu suas perguntas?
Procurou responder todas?

É necessário se limpar...
Desaprender...
Você disse: "Sei que está vindo uma restauração, conceitos estão sendo abalados..."
Vem de onde essa restauração?!

Olho para dentro e vejo quantas coisas preciso mudar...
Acredite, o filme me despertou isso!

Um beijo.

Lily disse...

pronúncia? Como gosto desta matéria, futura colega! ehehhe
Sempre gostei e amo.
Nunca tive dificuldades, aliás ficava como uma neurótica transcrevendo a cada palavra que ouvia e lia.

Tb sempre fui muito certinha e exigente com a nossa língua.E aprendi q nao precisava ser assim, gramática descritiva...

Mas... pensando bem... na minha cabeça estão um monte de coisas que precisam se adequar à pronúncia do Reino e da profundidade da línguagem de Cristo.E sempre fui chata em viver assim... quero continuar.. não é algo q se conquiste de um dia para o outro.. ai!

Ookoko
bjoux
Good Luck!

SErá que terei dificuldades para reaprender?

LIFE OF CROSS disse...

oiiii, faz tempo... q n passo por aki...rsrs
Tremendo, isso veio de Papi.
Algo me resaltou na sua escrita e foi o simbolo "?" chamado interrogação, este criado pelo homem simbolisando um questionamento ou pergunta,quando este significado entra em nós é um milagre do Pai,uma revelação q abre possibilidades para questionar aspectos de nossa vida q se n tiver esta revelação sempre será verdade absouluta.
Ele é tudo Fé, Esperança e o AMOOOORRR.
Vc é uma carta viva... Inté...

by Carioca disse...

Rosana, que legal a aplicatibilidade da sua mensagem. Acho que o evangelho tem que ser prático, portátil e não cheio de costumes ou doutrinas rígidas. Valeu por sapear lá no Jesus no atacado. Essa semana tem mais e "Viva o lado Jesus Cristo da vida"
Bjo

Rejane Ruiz disse...

OI linda...sauddes
Desprender para aprender...muito importante
Romper os argumentos e ser como crianca que confia plenamente nas palavras do Pai
saudades =)

barbara disse...

hehehehehehehehehehehe
sem palavras....
.............
................

mandei um e-mail pro familinda..
tenta ler se puder...

Ele vive.

barbara disse...

te amoooo!

Lavrador disse...

Será que aquilo que aprendemos em nossas igrejas tem nos impedido de entender a bíblia?
Com o tempo complicou-se de tal modo o Evangelho que hoje a maioria das pessoas não sabem o que ele significa realmente. Se perguntar na sua igreja o que é o evangelho e o que é necessário para se ser salvo vai ficar alarmada!!!!
O evangelho fácil e actuante que Jesus anunciou foi disvirtuado com o tempo sujeito à RELIGIÃO!

Éverton Vidal disse...

Forte reflexao. Muito forte.

Seguir a Cristo é isso mesmo, é está em constante auto-exame, auto-avaliaçao. Nossa tendência é sempre se prender a paradigmas do passado, às vezes sao coisas que serviram, tiveram o seu tempo, ou mesmo coisas que nos transmitiram de forma errada. O importante é que Cristo está aí para nos guiar se queremos ouvir.

E que venha sempre o Vinho novo!