terça-feira, 15 de abril de 2008

lentos passos.


Paro e fico a pensar Seus lentos passos, Jesus...
Nos seus lentos passos, quando pode encontrar a mulher samaritana junto ao poço, ouvir sua voz contando-lhe a respeito da água da vida gerando nela sede pela vida eterna. Lentos eram, tão lentos ao ponto de poder sentir quando alguém que nem mesmo estava vendo tocou suas vestes, saiu de ti poder.Aquela mulher agora não mais enferma, mas salva em meio aos seus lentos passos dentre uma apressada multidão. E não só uma mulher, mas dois homens cegos que puderam clamar e você que andava devagar pode os ouvir e estender a sua mão e eles puderam ouvir a sua doce voz e seguir os seus lentos passos. Ele andava devagar, porém não parava de dar os seus passos. Lentos passos quando todos impediam as crianças de se achegar até a ti, mas tu nos ensinaste de quem era o Reino. Suaves foram os seus passos quando os fariseus te encontraram e falaram do caso de Maria Madalena, lenta foi a sua reação, no entanto direta e libertadora foi a sua resposta.E lá se foi ela sem pecar a seguir os Seus lentos passos.
Impressionam-me os seus passos lentos, firmes, observadores pelas ruas... Ninguém deixava de ser beneficiado pelo seu caminhar e não houve ninguém que o seu olhar não alcançou...
Olhar profundo, via além da imagem, seu caminhar era calmo como de alguém que não é pressionado pelo tempo. Mas que faz todos a sua volta saber que ainda há tempo para se arrepender, muito mais do que o tempo que o meu relógio diz ser.
O seu olhar devagar me ensina a não parar de andar mesmo quando o meu caminhar parece tão devagar, e assim seja talvez para que perceba quem esta nessa caminhada que não posso pular para chegar no lugar onde desejo chegar.

8 comentários:

Barbara disse...

eu aprendi isso hj vendo Backyardigans.. no Discovery kids.. demaaaaaais, dps te conto...
carahca! isso é sério..
:)

Nestor disse...

hehhehe bem isso!

... disse...

Rooooo =)
Esses lentos passos, que percebem cada movimento, cada coração sem expressão visual, cada clamor sem palavras, cada angustia sem lágrimas, cada sofrimento internalizado, cada intenção de coração...esse é o nosso Rei, ele ver além do que está na frente dele, ele olha além do nosso exterior hihiihi,ele valorizava as pessoas e reconhecia o valor de cada uma, olhava diretamente para o coração neh!! em fim... Ele é quem Ele é e não há outro como Ele!
Jesus era perfeito em tudo o que fazia... ele construÍa a fundação...por isso fazia as coisas devagar, pra fazê-las com perfeição! =) Ele gerava sede, gerava fé, gerava arrependimento e perdão, gerava vida, gerava amor!
Gerou Salvação!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
te amo minha irmã! bjinhuss pra tu tatuuuu Hihii =)xeruuu

Andréia disse...

olá! adorei o post... me fez refletir..

eita Jesus lindo!

beijos

Ariana disse...

Que texto maravilhoso!

Parabéns!

Adorei teu blog!

Beijo*

Éverton Vidal disse...

Arrebentou Rosana. Nao sei pq lembrei de Max Lucado.

Kessia disse...

puxa.. eu estou sempre com tanta pressa, tão acelerada..

realmente tenhomto ainda o q aprender com o mestre...


:*

Sarah Toledo disse...

sim, devemos continuar mesmo a lentos passos... mas em certos momentos devemos é sair correndo pra perto de Deus, né?

saudadocê.

bjim.